Tags

, , , , , , , , , , , , , , ,

Não existe santo na atual política Brasileira,  e por isso tristemente não estou muita surpresa com a relação de nomes informadas  pelo ex-diretor da Petrobrás ( Paulo Roberto Costa) na delação premiada no caso lava jato> é óbvio que as autos e as provas precisam ser apresentados e o caso investigado. Mas se comprovado o caso, rerforca mais uma vez a necessidade de uma  #REFORMA POLÍTICA. Isso tem que sair do papel!

… E a surpresa, que  já nem era surpresa, é saber que o problema não é só de um partido, ou de um só candidato .mas de TODO um Sistema Político!

Coalizão pela Reforma Política e Plebiscito Constituinte

Dois grupos, que propõem as mudanças seriamente no país, se uniram e compõem a Coalizão pela Reforma Política e Plebiscito Constituinte.

  1. Plebiscito Constituinte : a ideia é criar uma Constituinte sobre o sistema político, ou seja, um grupo se reunir para definir questões como financiamento de campanhas, paridade de gênero no Congresso, Democracia Participante (justamente permitir que iniciativa popular consiga criar plebiscitos oficiais), discutir a candidatura proporcional, entre outras questões.

votações podem ser feitas até amanhã, 08/09/14, 23:59h pelo website: www.plebiscitoconstituinte.org.br  #‎EuVotoSIM

2. Reforma Política : é outro projeto é de iniciativa popular e já está tramitando no Congresso Nacional, com apoio de alguns parlamentares e cerca de 400 mil votos. O objetivo é chegar a 1,5 milhão. A votação só pode ser feita presencialmente, ou então um formulário pode ser baixado no site da Coalizão e enviado pelo correio.

“O projeto de iniciativa popular da Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas apresenta uma proposta de representação política mais identificado com a maior parte da sociedade.
Os quatro pontos principais desta proposta são:
  • Afastamento definitivo do dinheiro de empresas das eleições;
  • Igualdade entre homens e mulheres;
  • Eleições proporcionais em dois turnos;
  • Participação da sociedade em decisões nacionais importantes;
  • Seu voto elegendo apenas o candidato em quem você votou.
Se pararmos para pensar um pouco vamos perceber que a baixa qualidade do transporte público, a crescente violência urbana, a deficiência na educação, a precaridade da saúde pública, a carência de esporte e lazer para a juventude e a falta de terra para os trabalhadores que precisam são alguns dos inúmeros problemas sociais que a sociedade brasileira sofre há muito tempo.
Por que tais problemas nunca são resolvidos? Porque a solução deles depende da aprovação de muitas reformas como a reforma urbana, a reforma agrária, a reforma tributária e a reforma política. Todas elas precisam ser aprovadas no Congresso Nacional do Brasil.
Mas o Congresso impede que tais reformas sejam aprovadas. Isto porque parte dele representa os interesses de uma pequena parte da sociedade que financiam as campanhas eleitorais, ou seja, de algumas poucas empresas. Assim, as necessidades da maior parte da população nunca são atendidas de verdade.
É isto que causa grande parte da corrupção política gerando inclusive a atual crise de representatividade no País.
Ajude a mudar isto. Acesse a Cartilha e conheça melhor o Projeto.

Com o atual congresso (nefasto) já existem 161 deputados que subscreveram pela proposta da reforma, IMAGINA SE VOTARMOS EM CANDIDATOS Sérios NESSAS ELEICOES /2014

http://www.reformapoliticademocratica.org.br/camara-dos-deputados/

então, quando for verificar o plano de governo e  promessas do seu candidato a presidência, senado e câmara federal  procure por essa questao… REFORMA POLÍTICA.

reforma agora

Com relação ao caso Operação Lava Jato/PETROBRÁS convehamos… tem muita e muita MANIPULAÇÃO  (pois no  Brasil a maioria dos casos de corrupção se tornaram públicos somente em função de conflitos privados. Nessa caso conflitos políticos/ privados com MUITO MUITO $$$ envolvido  comentado acima) e CORRUPÇÃO.

Ano passado eu fiz uma ilustração de como é o nosso Atual Sistema Político e claro desse ano para cá, nada mudou: https://novomondu.wordpress.com/2013/07/06/atual-sistema-politico-no-brasil/

Mas relembrando os problemas do nosso sistema politico:

·         Existe uma transformação de bens e serviços públicos que são usados como mercadorias em troca de votos em períodos eleitorais.

transformação de bens e serviços públicos

·         Empresas  Privadas financiam campanha eleitorais para em troca serem as  privilegiadas em  licitações, compras, prestação de serviços. Esses  serviços MUITAS VEZES ocasionam na lavagem de dinheiro: com obras inacabadas  e notas super faturadas.

info_vp_230214

“Construtoras e empreiteiras são responsáveis por quase metade de todas as ‘doações’ eleitorais. Para cada R$ 1 doado, recebem R$ 8,50 de retorno em forma de dinheiro público.” – dados de 2013

“doações” feitas em 2010

·        Beneficiamento dessas empresas com projetos de leis criados pelos seus “apadrinhados” agora eleitos (candidatos). O famoso: Lobby.

lobista2

  • E para ajudar o fato da maioria dos partidos políticos não terem um programa político claramente definido, os transforma em instrumentos políticos a serviço de grandes empresários.

+ INFO FINANCIAMENTO PRIVADO DE CAMPANHA

·         3 Empresas bancam 39% “doações”  de campanha Presidencial  / 2014 (E doações entre aspas pois existe um retorno dessas doações, conforme apresentei acima). http://www.gazetadopovo.com.br/m/conteudo.phtml?tl=1&id=1496622&tit=Tres-empresas-bancam-39%-da-campanha-para-presidente

Financiamento público de campanha_07

·         “Negócios familiares, proximidade com governos, financiamento de campanhas e diversificação de atividades – da telefonia ao setor armamentício – compõem a história das gigantes” Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa e Andrade Gutierrezhttp://apublica.org/2014/06/as-quatro-irmas/

O melhor exemplo dessa problemática toda é o esse caso da Petrobrás , no qual o ex-diretor da Petrobrás , Paulo Roberto Costa, atuou entre 2004 e 2012… inclusive na era FHC/PSDB, denunciou um ENORME esquema de pagamento de propina.

https://novomondu.wordpress.com/2013/07/06/atual-sistema-politico-no-brasil/

Advertisements