Tags

, , , , , , , , , , ,

Gratidao 1

The great author of  “The Gifts of imperfections” and “Daring Greatly” talks a lot  the practice of gratitude. You can see a video:    and the transcripts of  TED TALK here
 
 
( Ótimo texto falando sobre a prática da gratidao; TEXTO EM PORTUGUES + ABAIXO)
 
 

GRATITUDE (by Dr. Brene Brown…)

“In many ways, my research has not only taught me new ways to think about how I want to live and love, it’s taught me about the relationship between my experiences and choices. One of the most profound changes in my life happened when I got my head around the relationship between gratitude and joy. I always thought that joyful people were grateful people. I mean, why wouldn’t they be? They have all of that goodness to be grateful for. But after spending countless hours collecting stories about joy and gratitude, three powerful patterns emerged:

  • Without exception, every person I interviewed who described living a joyful life or who described themselves as joyful, actively practiced gratitude and attributed their joyfulness to their gratitude practice.
  • Both joy and gratitude were described as spiritual practices that were bound to a belief in human interconnectedness and a power greater than us.
  • People were quick to point out the differences between happiness and joy as the difference between a human emotion that’s connected to circumstances and a spiritual way of engaging with the world that’s connected to practicing gratitude.

Gratitude
When it comes to gratitude, the word that jumped out at me throughout this research process is practice.

I don’t necessarily think another researcher would have been so taken aback, but as someone who thought that knowledge was more important than practice, I found these words to be a call to action. In fact, it’s safe to say that reluctantly recognizing the importance of practice sparked the 2007 Breakdown Spiritual Awakening that changed my life.

For years, I subscribed to the notion of an “attitude of gratitude.” I’ve since learned that an attitude is an orientation or a way of thinking and that “having an attitude” doesn’t always translate to a behavior. For example, it would be reasonable to say that I have a yoga attitude. The ideals and beliefs that guide my life are very in line with the ideas and beliefs that I associate with yoga. I value mindfulness, breathing, and the body-mind-spirit connection. I even have yoga outfits. But, let me assure you, my yoga attitude and outfits don’t mean jack if you put me on a yoga mat and ask me to stand on my head or strike a pose.  Where it really matters—on the mat—my yoga attitude doesn’t count for much.

So, what does a gratitude practice look like?

The folks I interviewed talked about

keeping gratitude journals,

doing daily gratitude meditations or prayers,

creating gratitude art,

and even stopping during their stressful, busy days to actually say these words out loud:

“I am grateful for . . .”

PORTUGUES

GRATIDÃO (by Dr. Brene Brown…)

“Em muitos aspectos , minha pesquisa não só me ensinou novas maneiras de pensar sobre como eu quero viver e amar , ela me ensinou sobre a relação entre as minhas experiências e escolhas. Uma das mudanças mais profundas na minha vida aconteceu quando eu comecei a pensar na relação entre gratidão e  estado de alegria (joy) / estar feliz (happiness).”

// Pausa para explicar – Joy: e’ visto como um estado de espirito interior – de constante tranquilidade, contentamento, independente de situacoes externas. E Happiness : estar feliz, normalmente associado a algo externo, algo passageiro.

… continuando “Eu sempre achei que as felizes eram pessoas gratas . Quero dizer, por que não seriam? Elas têm tudo de bom acontecendo para elas e para serem gratas . Mas depois de passar incontáveis horas coletando histórias sobre estar feliz /ser  alegre e gratidão , três padrões poderosos surgiram:

  • “Sem exceção, todas as pessoas que eu entrevistei , que descreveram uma vida alegre ou que se descreveram como felizes, ativamente praticam gratidão e atribuiem sua alegria à sua prática de gratidão.” ·
  •  “Tanto alegria e gratidão foram descritos como práticas espirituais que estão vinculado a um uma interconexão humana e um poder maior do que nós.” ·
  •  “Pessoas foram rápidas em apontar as diferenças entre eles: alegria e felicidade como a diferença entre uma emoção humana que está ligado às circunstâncias externas (estar feliz) e a de uma maneira espiritual de se envolver com o mundo que está ligado à prática da gratidão (alegria) .”

Gratidão “Quando se trata de gratidão , a palavra que logo me veio a cabeca ao longo deste processo de pesquisa é: prática.

Eu não acho que necessariamente outro pesquisador esteria tão surpreso com essa descoberta , já que eu sempre achei que mais importante seria conhecimento do que a prática, ao de deparar com esse palavra me senti chamada a partir para à ação .

Na verdade , é seguro dizer que , foi justamente quando eu relutantemente dei importância a praticar… no meio de dificuldades pessoais, foi que o meu depertar espiriual ,que mudaria minha vida, aconteceu. Por anos, eu aceitei a noção de uma “atitude de gratidão. ”

Eu já aprendi que uma atitude é uma orientação ou uma maneira de pensar e de que “ter uma atitude”(ação) nem sempre se traduz em um comportamento. Por exemplo , seria razoável dizer que eu tenho uma attitude de yoga.

Os ideais e crenças que guiam a minha vida está muito alinhados com as idéias e crenças que eu associo com yoga. Eu valorizo a atenção plena, a respiração, e a conexão corpo-mente- espírito. Eu até tenho roupas de yoga. Mas, deixe-me assegurá-lo, que a minha atitude e roupas de yoga não significam nada se quando num tapete de yoga , me pedem para fazer uma pose e eu não tenho a ação.. Nesse casos – no tapete de yoga, somente minha attitude sem ação não conta muito…

Então, o que/como a prática gratidão parece?

As pessoas que entrevistei falam sobre como:

manter diários/ anotacoes de gratidão ,

fazer meditação diária em gratidão,

ou fazer orações diárias ,

criando arte em forma de gratidão ,

ou até mesmo parar diariamente por um instante em suas vidas estressantes, turbulentas e dizer em voz alta :

“Eu sou grato. . .

o segredo: Gratidao!

o segredo: Gratidao!

Advertisements